O candidato à Presidência da República pelo PSL, Jair Bolsonaro, está sem febre ou sinais de infecção e seu estado de saúde é estável, de acordo com boletim médico divulgado na manhã deste sábado (15).

Ele permanece internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Israelita Albert Einstein e, após 60 horas da última cirurgia, feita para a correção de aderência que estava obstruindo o intestino delgado, o candidato evolui sem dor e recebe tratamento para prevenção de trombose venosa.

Sessões de fisioterapia, incluindo exercícios respiratórios e de fortalecimento muscular, serão mantidas, segundo a equipe médica.

Histórico

Bolsonaro levou uma facada no dia 6 quando participava de atividade de campanha em Juiz de Fora (MG). Ele passou por uma primeira cirurgia na Santa Casa de Juiz de Fora e foi transferido para São Paulo, a pedido da família, no dia seguinte.

Na última quarta-feira (12), o candidato passou por uma cirurgia de emergência para tratar uma aderência que obstruía o intestino delgado.

Leia mais:
Bolsonaro passa por fisioterapia e caminha pelo quarto
Enquetes eleitorais nas redes podem render multa de até R$ 100 mil
Ataque e internação de Bolsonaro criam cenário inédito na eleição