A base governista protocolou mais um pedido de criação de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) na Câmara dos Deputados. O deputado Reginaldo Lopes (PT-MG) apresentou requerimento na tarde desta quarta-feira (4) para investigar a violência contra jovens negros e pobres no país. Já são cinco pedidos de CPIs aguardando autorização do presidente Eduardo Cunha (PMDB-RJ) para instauração.

Como na Câmara dos Deputados só podem funcionar cinco CPIs por vez, oposição e base aliada correm para garantir as cinco vagas. Os oposicionistas conseguiram protocolar ontem a CPI da Petrobras e o PSOL pediu a CPI dos planos de saúde. Do lado governista, já foram apresentados requerimentos para uma CPI das Pesquisas Eleitorais e para uma CPI para apurar as causas da violência no Brasil.