O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Luciano Coutinho, disse nesta sexta-feira (14) que o banco de fomento é o principal interessado em participar da CPI do BNDES e que o momento é interessante para esclarecer a importância dos empréstimos que fomentam as exportações.

"Somos os principais interessados em fornecer todas as informações e esclarecer. O BNDES está totalmente aberto para proativamente fornecer todas as informações e esclarecimentos. Vou comparecer sem dúvida, já enviei ofício confirmando meu interesse", afirmou Coutinho após participar de encontro com empresários na Fiesp.

A CPI foi instaurada para apurar eventuais irregularidades nos contratos de financiamento do banco entre 2003 e 2015, incluindo empréstimos voltados ao exterior.

Coutinho disse que as apurações sobre empréstimos a outros países é uma boa oportunidade para esclarecimentos, uma vez que são financiadas exportações brasileiras e que esta é uma prática de todos os países desenvolvidos. "Financiamos bens e serviços produzidos no Brasil, pagamos em reais depois de verificar que a exportação foi feita corretamente, paulatinamente. Não há transferência de recursos no exterior", disse.

"Acho que é uma boa oportunidade para mostrar que esse tipo de operação gera emprego e renda em setores de alto valor agregado, que é a produção de equipamentos bens de capital e engenharia no Brasil", Coutinho.