Depois de passar o feriado de carnaval na Bahia, a presidente Dilma Rousseff está reunida, no início da noite desta quarta-feira (18), no Palácio da Alvorada, com pelo menos quatro dos seis ministros da coordenação política. O tema da reunião seria a condução dos trabalhos no Congresso, a partir da semana que vem, para tentar barrar as votações consideradas problemáticas para o ajuste fiscal proposto pela equipe econômica como, por exemplo, a correção da tabela do imposto de renda de pessoa física.

O Congresso promete derrubar o veto que reajusta o IR em 6,5%, enquanto o governo só aceita até 4,5% A própria Dilma, que se reuniu com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, na semana passada, deu sinais de que vai tentar novas aproximações com os parlamentares.

O primeiro a chegar ao Alvorada foi o ministro da Defesa, Jaques Wagner, pouco depois das 17h30. Depois chegaram o ministro da Casa Civil, Aloisio Mercadante, das Relações Institucionais, Pepe Vargas, e da Secretaria-Geral, Miguel Rossetto. O último a chegar, às 18h15, foi o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo.