O ministro da Justiça licenciado, Alexandre de Moraes, entregou na manhã desta terça-feira, 7, ao senador Aécio Neves (MG), presidente do PSDB, a sua desfiliação do partido. A informação é da assessoria do Ministério da Justiça. Moraes era filiado ao PSDB desde dezembro de 2015.

Ontem ele teve seu nome indicado pelo presidente Michel Temer para a vaga de Teori Zavascki no Supremo TRibunal Federal (STF). Para ocupar o novo posto, Moraes precisa ser sabatinado pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado e depois ter o nome aprovado na comissão e no plenário.

Outros ministros filiados a partidos já foram indicados ao STF, a exemplo de Moraes. É o caso por exemplo, de Nelson Jobim e José Dias Tofolli.

Leia mais:
Não houve críticas, só elogios, diz Temer sobre indicação de Alexandre de Moraes
Indicado, Moraes ganhou confiança de Temer com apuração de crime
OAB cobra independência de Alexandre de Moraes no Supremo