Os sete condenados do caso do Mensalão, presos desde sexta-feira (15), na sede da Polícia Federal em Belo Horizonte, seguem às 11 horas, deste sábado (16), para o Instituto Médico Legal (IML) para fazer exame de Corpo de Delito. O procedimento será feito antes deles embarcarem em um avião da Polícia Federal, na base aérea da Pampulha, com destino a Brasília.

Marcos Valério, Romeu Queiroz, Cristiano Paz, José Roberto Salgado e Ramon Hollerbach, dividiram a mesma cela na sede da PF, enquanto Kátia Rabello e Simone Vasconcelos, dormiram em outra. Durante toda a manhã, a movimentação de advogados e familiares dos condenados foi intensa.

Os defensores disseram à imprensa que os clientes passam bem, mas estão emocionalmente abalados com a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que expediu os mandados de prisão em pleno feriado de Proclamação da República. Ao chegarem em Brasília, todos os condenados deverão passar por novos exames de corpo de delito.