O ministro da Cultura, Marcelo Calero, pediu demissão nesta sexta-feira, 18. A informação foi confirmada pela pasta. A justificativa para a saída de Calero é "divergência com alguns membros do governo". O Ministério da Cultura está elaborando uma nota para oficializar a demissão. Procurado, o Palácio da Planalto não confirmou a demissão e disse que ainda não há informações adicionais sobre o tema "até o momento". O presidente Michel Temer está em São Paulo, em uma agenda particular.