Morreu na noite de quarta-feira (16), em Belo Horizonte, o ex-deputado Miguel Martini, de 58 anos. Ele sofria de leucemia e estava internado no Hospital Luxemburgo, no bairro de mesmo nome, na região Centro-Sul da capital. Atualmente, ele era presidente do Instituto Mario Penna.

O corpo foi velado no Cemitério Bosque da Esperança, no bairro Jaqueline, região de Venda Nova, e enterrado no mesmo local, na tarde desta quinta-feira (17).
 
Miguel Martini nasceu em 28 de março de 1955, em Colatina, no Espírito Santo. Foi deputado estadual entre 1995 e 2007, por PSDB, PSN e PSB. Seu último cargo foi deputado federal, pelo PHS, entre 2007 e 2011.  Martini era casado e deixa dois filhos.
 
Atualizada às 18h47