Belo Horizonte poderá ganhar um centro de convenções e um complexo hoteleiro e empresarial no Parque da Gameleira, localizado na avenida Amazonas, no bairro Gameleira. Sem explicar detalhes da proposta, a Prefeitura de Belo Horizonte encaminhou à Câmara Municipal um projeto de lei pedindo autorização para realizar as obras.

De acordo com o texto, os empreendimentos seriam construídos em uma área do Parque da Gameleira, localizado ao lado do Expominas. Além do centro de convenções, o parque seria requalificado.

A proposta também pede aval para “implantação de empreendimentos privados, destinados a atividades hoteleiras, empresariais, comerciais e de serviços, bem como suas atividades auxiliares”. O centro de convenções e a requalificação do atual parque teriam os projetos elaborados pelo governo estadual.

Na justificativa aos vereadores, o prefeito Marcio Lacerda (PSB) afirmou que “trata-se de empreendimento de extraordinário interesse público, em virtude da necessidade de fortalecimento do município como polo do turismo de negócios, vocação esta potencializada por diversas ações governamentais em curso e que contribui de modo decisivo para o desenvolvimento social, econômico e urbano de Belo Horizonte e Minas Gerais”.

A matéria chegou a ser discutida na Câmara durante audiência pública em 2012. A prefeitura explicou que o centro de convenções teria capacidade para 10 mil pessoas e seria necessário, pois o Expominas é visto como feira de negócios. No espaço de 98 mil metros quadrados, também poderiam ser construídos hotel e shopping center.

O projeto seria viabilizado por meio de Parceria Público Privada (PPP) prevendo investimentos de R$ 300 milhões, conforme declaração do então coordenador de PPP da prefeitura, Marcos Siqueira. O espaço seria concedido pelo governo estadual por um prazo de 35 anos.