SÃO PAULO - O prefeito Fernando Haddad (PT) sancionou nesta terça-feira (17) a lei que permite que os homens andem gratuitamente nos ônibus municipais a partir dos 60 anos -a mesma idade já permitida para as mulheres. Antes, apenas passageiros com mais de 65 anos tinham direito ao transporte gratuito. 
 
A partir de hoje, o Executivo tem prazo de 90 dias para regulamentar a lei que foi publicada no "Diário Oficial" do Município. 
 
"São avanços importantes no quesito mobilidade urbana. Antes a gratuidade estava restrita às mulheres [a partir dos 60 anos]. Agora, os homens também terão o benefício", anunciou o prefeito. 
 
Segundo Haddad, além da implantação das faixas de ônibus, a gratuidade faz parte de uma série de medidas para priorizar o transporte público na cidade. 
 
A redução para 60 anos a idade mínima para que idosos utilizem gratuitamente trens do Metrô e da CPTM, além de ônibus da EMTU, já foi aprovada pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB) em 30 de outubro.