A prefeitura de Imbé de Minas, no Vale do Rio Doce, firmou um acordo para regularizar a situação de quatro servidores públicos do município. Segundo denúncia do Ministério Público Estadual, várias irregularidades na contratação de pessoal foram detectadas durante investigação.
 
Ainda conforme o órgão, o município se comprometeu a encaminhar um projeto de lei à Câmara Municipal para reestruturação do quadro de pessoal. Além disso, a prefeitura deve exonerar servidores admitidos em desacordo com a Constituição Federal, nomear os candidatos aprovados no concurso vigente e publicar, em cinco meses, edital para a realização de novo concurso público.
 
Em caso de descumprimento, o município de Imbé de Minas será multado diariamente em R$ 500 por cláusula descumprida e em R$ 200 por servidor público que for admitido ou mantido irregularmente na administração pública.