Praças e oficiais da Polícia Militar, do Corpo de Bombeiros e outros profissionais da área da segurança pública realizam na tarde desta terça-feira (2) um protesto em frente à Assembleia Legislativa. O ato, encabeçado pelas entidades que representam as categorias, é contra o parcelamento dos salários anunciado pelo governo do Estado.

Centenas de pessoas ocupam a Praça da Assembleia, empunhando faixas onde são lembradas compras altas do governo é gasto milionário com publicidade, apesar da crise econômica. Crise esta usada como justificativa pelo governo para parcelar os salários dos servidores que ganham acima de R$ 3 mil.

Confira um vídeo da manifestação:

O escalonamento, anunciado para o primeiro trimestre pode se estender também para o segundo trimestre. Nessa segunda-feira (1º), na abertura dos trabalhos na Assembleia Legislativa, um representante do governo afirmou que o parcelamento deve ser aplicado também para os salários de abril, pagos em maio.