Voto parcial favorece juiz do caso Pimentel no TRE

Ezequiel Fagundes
12/05/2015 às 19:16.
Atualizado em 17/11/2021 às 00:00

O Pleno do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de Minas acompanhou, na noite desta terça-feira (12), o voto do juiz relator Paulo Abrantes e indeferiu o afastamento do juiz Wladimir Rodrigues Dias dos processos eleitorais envolvendo o governador Fernando Pimentel e outros membros do PT. A votação teve placar de 3 votos contra o
afastamento e 1 a favor.

Conforme o Hoje em Dia mostrou, com exclusividade, em 19 de abril, o procurador eleitoral pediu a suspeição do juiz sob a alegação que ele age com parcialidade, como se fosse advogado do PT. Marcada por um intenso bate-boca, o julgamento foi suspenso após pedido de vista do juiz Paulo Cézar Dias.

Mesmo com o julgamento parcial, somente haverá mudança no placar caso haja alteração no entendimento dos juízes. Com a decisão desta noite, continua prevalecendo a liminar do juiz Wladimir, que suspendeu a ação de cassação de mandato por abuso de poder econômico contra Pimentel.
 

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por