LA PAZ - Policiais de base de La Paz rejeitaram neste domingo (24) o acordo assinado na madrugada entre o governo da Bolívia e os líderes do sindicato, por objeções ao tema salarial, e garantiram que continuarão com os motins, afirmaram em uma assembleia pública.

"Rejeitamos o acordo e seguimos em motim", afirmou um policial não identificado durante a reunião pública no regimento antimotins UTOP, quartel-general dos rebeldes próximo à Praça de Armas de La Paz, após a divulgação do acordo assinado na madrugada.