A direção estadual do PCdoB aprovou a pré-candidatura da deputada mineira Jô Moraes ao Senado, eleições que acontecerão no ano que vem. A definição ocorreu em reunião na manhã deste sábado (22).

Segundo o presidente estadual da legenda, Wadson Ribeiro, o projeto central do PCdoB mineiro é reforçar o partido, por meio da disputa ao Senado, além de eleger um representante na Câmara Federal com, no mínimo, 2% de votação de Minas Gerais.

No evento, o partido reforçou a necessidade de ampliar nas ruas a resistência contra as reformas, pelo Fora Temer e Diretas Já. O secretário de Organização Nacional, Ricardo Abreu, lembrou que o cenário político do país é de forte instabilidade e imprevisibilidade, o que pode levar o país a ter três presidentes em menos de quatro anos. Ele defende"a realização de eleições, o restabelecimento da normalidade das relações institucionais e políticas e a paralisação das reformas antipovo".