A Companhia Urbanizadora e de Habitação de Belo Horizonte (Urbel), a Caixa Econômica Federal e o Ministério das Cidades entregam nesta sexta-feira (19), 580 unidades habitacionais do empreendimento Serras de Minas – Residenciais I e II, construídos pelo Programa Minha Casa Minha Vida à moradores de Belo Horizonte.

O empreendimento I é destinado aos inscritos com renda de até R$ 1.600,00 (faixa 1). Alguns moradores foram sorteados e outros indicados por terem sido removidos de áreas de risco. O residencial possui 300 unidades divididas em 15 blocos, sendo 20 apartamentos por bloco. Já o residencial II possui 280 unidades divididas em 14 blocos, sendo 20 por bloco.

Cada unidade habitacional tem valor estimado em R$ 68 mil reais e as prestações dos apartamentos não podem ultrapassar 5% da renda familiar, com valor mínimo de R$ 25. Este empreendimento, construído em terreno cedido pela Urbel, teve investimento de R$ 8,4 milhões da Prefeitura e R$ 36,4 milhões de reais do Governo Federal.

Os moradores aprovados já passaram pelo processo de pré-morar, realizado pela Urbel. Durante o pré-morar, as gerências de educação e de saúde apresentaram aos beneficiários os equipamentos sociais pelos quais serão atendidos nas proximidades do Residencial.

 

Sorteio

Na última terça (16), a Urbel sorteou entre os inscritos na segunda etapa do programa Minha Casa, Minha Vida, 96 unidades habitacionais do residencial Manaus. O empreendimento tem 180 apartamentos. As demais 84 unidades são destinadas a famílias retiradas de áreas de risco ou que foram removidas em função de obras.

As famílias contempladas serão convocadas para o processo de cadastramento na Urbel. Após a verificação dos documentos, elas assinam contrato de financiamento do apartamento com a Caixa Econômica Federal, com prazo de 120 meses. As prestações não podem ultrapassar 5% da renda familiar, com valor mínimo de R$ 25 mensais.