Promotores pedem ordem de prisão de capitão de balsa que afundou na Coreia do Sul

Agencia Estado
18/04/2014 às 08:42.
Atualizado em 18/11/2021 às 02:11
 (AFP)

(AFP)

Promotores disseram que pediram a um tribunal para emitir uma ordem de prisão para o capitão da balsa que afundou há dois dias na Coreia do Sul, deixando centenas de desaparecidos. Os promotores também pediram ordens de prisão para dois outros membros da tripulação da embarcação.

A investigação sobre o desastre centrou foco sobre o forte desvio que a balsa executou um pouco antes de começar a afundar e se uma ordem de retirada dos passageiros mais rápida pelo capitão poderia ter salvado vidas. Os investigadores também estão investigando se o capitão abandonou o navio. As equipes de resgates estão procurando cerca de 270 pessoas que ainda estão desaparecidas. Pelo menos 28 corpos foram recuperados. As autoridades disseram que 179 pessoas sobreviveram. A maioria dos desaparecidos é composta por estudantes. Fonte: Associated Press.
http://www.estadao.com.br

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por