Manifestantes farão mais um protesto contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), neste sábado (2). Segundo os organizadores, os atos contra o chefe do Executivo nacional deverão ocorrer em pelo menos 250 cidades e em 16 países diferentes, incluindo Belo Horizonte e municípios do interior mineiro.

Na capital de Minas Gerais, o protesto que pede a saída de Bolsonaro está marcado para às 15h. A concentração será na Praça da Liberdade, na região Centro-Sul da metrópole. A pauta de reivindicações é extensa e inclui repúdio à votação da PEC 32, que prevê a reforma administrativa, assim como aos projetos de privatização e o aumento do desemprego. Os manifestantes também exigem um aumento do auxílio emergencial para o valor de R$ 600.

Os protestos são organizados por mais de cem entidades, envolvendo sindicatos e partidos de oposição ao governo Bolsonaro. Em várias cidades, as manifestações tiveram início ainda pela manhã, como em Belém, Fortaleza e Rio de Janeiro.

Leia Mais:
Chegada de Bolsonaro em BH tem confusão na Cidade Administrativa; veja vídeo
Tom de terceira via domina protestos que pedem impeachment de Bolsonaro em BH
Manifestantes reforçam crítica ao governo Bolsonaro em ato no Centro de BH