Se por aqui o Ram 1500 só chegará quinta-feira (10), nos Estados Unidos a divisão de utilitários da FCA acaba de lançar a 3500 Heavy Duty, que chega para entregar força de caminhão. O utilitário recebeu um imenso motor Cummins seis cilindros turbodiesel de 6.7 litros que entrega nada menos de 148 mkgf de torque. 

Para ilustrar melhor, um motor 1.o aspirado tem em média 10 mkgf de torque. Sendo assim esse carro teria a força de 15 motores. Ou seja, essa picape tem força de 15 Fiat Mobi.

E quando se diz caminhão, não é de brincadeira. Nos EUA, as linhas 3500 ou 350 são populares por permitir rodado duplo no eixo traseiro e até mesmo quinta roda na caçamba. Para quem não sabe, a quinta roda é um engate usado para guinchar uma carreta ao caminhão. Nos EUA é conhecido como gooseneck (pescoço de ganso).

E mesmo sendo uma picape, e não um caminhão propriamente dito, esse carro consegue puxar quase 17 toneladas. Lá, esse tipo de picape é muito popular para puxar trailers. Muita gente passa a vida rodando pelo país nessas imensas casas sobre rodas. 

Já o reboque convencional, aquele que fica abaixo do para-choque, tem capacidade para até 10,4 toneladas. Ou seja, esse carro puxa muito peso, independentemente da forma de engate.

Mr. Universo

Assim, a 3500 se torna a picape com maior oferta de força nos Estados Unidos (e consequentemente no restante do planeta). “A Ram recupera a liderança em capacidade ao entregar a maior classificação de torque para uma picape a diesel e a maior capacidade de reboque de gooseneck. Atributo importante para nossos clientes no segmento de serviços pesados; eles exigem capacidade laboriosa e duradoura”, afirma o diretor da divisão Ram, Mike Koval Jr.

Visual

Visualmente, a picape manteve a mesma carroceria da atual geração. No entanto, a grandalhona ganhou reestilização frontal, que segue o estilo da 1500, com faróis mais afilados.

Por dentro

Por dentro, a 3500 Heavy Duty é um carro de luxo, com direito a acabamento em couro e apliques em madeira. Como toda full size que se preze, ela conta com geladeira central. Mas o destaque fica por conta de uma imensa tela vertical, no centro do painel, que agrega as funções de navegação e climatização.

Multimídia

Por essa tela é possível também acessar a câmera 360 graus. O monitor é conectado ao sistema de áudio Alpine, que conta com sistema Noise Cancelling, que anula ruídos por meio de faixa de ondas inversa aos sons externos. 

Esse tipo de tecnologia é comum em fones de ouvido e em alguns carros como o Audi A7. Ou seja, os ocupantes nem se darão conta de que se trata de um motor diesel.

A grandalhona ainda conta com assistentes de condução, com direito a monitor de ponto cego, alerta de tráfego cruzado em ré, que são indispensáveis nesse gigante de mais de cinco metros de comprimento.

Por aqui, a marca oferece a versão 2500, que é um pouco menor que a gigante. E lançará, finalmente, a 1500 que promete ser ofensiva da FCA num segmento acima da Fiat Toro.