Os irmãos Wilhelm e Jacob Grimm são tão importantes para a literatura como Honoré de Balzac e Machado de Assis. E além de imortalizar seus contos de fada que seguem sendo lidos e assistidos geração por geração, um dos elementos da obra “João e Maria” foi incorporado no sistema de navegação da Ranger Raptor, vendida na Europa. 

Trata-se de uma “trilha de migalhas de pão” virtual, que, como na literatura, deixa marcado o caminho percorrido e orienta o motorista na hora de voltar. No caso da história, as migalhas foram comidas por bichos da floresta e os irmãos acabaram caindo na doce arapuca da bruxa. Já no caso da Raptor, o trajeto percorrido fica gravado no GPS. 

O recurso é interessante, principalmente no caso da Raptor, um carro feito para uso fora de estrada e com capacidade para trafegar em terrenos onde não existe estrada e nem mesmo sinalização. Dessa vez a bruxa ficou sem a janta!

Assista também!