A Fiat anunciou a convocação dos modelos Mobi, Argo e Cronos para substituição do eixo intermediário da coluna da direção elétrica. O problema atinge cerca de 730 unidades, todas fabricadas este ano. Trata-se de uma falha na soldagem da peça. Segundo a fabricante, o eixo pode se romper, fazendo com que o motorista fique sem controle da direção, aumentando o risco de o veículo se envolver numa colisão. 

O modelo com maior número de unidades afetadas é o sedã Cronos. São 519 carros, com final de numeração de chassi de 020611 a 040484.Já o Argo teve 202 exemplares diagnosticados com a falha de soldagem. As unidades envolvidas têm final de chassi de H76627 a H89388. No caso do Mobi, os últimos seis dígitos da numeração do chassi vão de 573942 a 574380.

De acordo com a Fiat, o processo de substituição é rápido e não exige mais que uma hora de serviço. Os agendamentos podem ser feitos em qualquer concessionária da marca. 

Airbag 
Outro recall envolvendo modelos da marca italiana foi emitido recentemente. Segundo a fabricante, foi detectada falha no sistema de deflagração dos airbags, e fragmentos do invólucro podem atingir os ocupantes e causar ferimentos. Trata-se das bolsas fornecidas pela japonesa Takata e que atingiram milhões de unidades em todo o mundo.

Nessa ação, os modelos envolvidos são Uno, Palio e Grand Siena, fabricados entre 2012 e 2013. Ao todo, são 81.697 unidades envolvidas na convocação. 

De acordo com a Fiat, o problema consiste na deterioração do invólucro devido a alterações de temperatura com o passar do tempo. Assim, caso haja deflagração da bolsa de ar, a pressão estilhaça a peça e os fragmentos são arremessados contra os ocupantes. Nesse caso, o tempo de substituição das bolsas leva em média duas horas. Os agendamentos podem ser feitos na rede autorizada. 

Para os dois recalls, informações podem ser obtidas pelo site www.fiat.com.br ou pelo serviço de atendimento: 0800-707-1000.