O repórter do Washington Post, Jason Rezaian, foi condenado à prisão no Irã, informou a imprensa estatal do país neste domingo, após ser acusado de espionagem.

Gholam Hossein Mohseni Ejehi, porta-voz do sistema Judiciário do Irã, foi citado pela Agência Nacional da República Islâmica afirmando que um veredicto da prisão foi emitido para Rezaian, um cidadão com dupla nacionalidade dos Estados Unidos e do Irã.

Ele não informou aonde e por quanto tempo Rezaian foi condenado.

"O veredicto para Jason Rezaian foi emitido, mas não foi comunicado à sua família ainda formalmente", disse o porta-voz.

Rezaian está na prisão Evin, em Teerã, que mantém um grande número de presos políticos.