Representante do Escritório Regional América do Sul do Alto Comissariado das Nações Unidas (ONU) para os Direitos Humanos, o theco Jan Jarab visitará Brumadinho, nesta quarta-feira (19), para conhecer de perto os estragos causados pelo rompimento da barragem da Vale no distrito de Córrego do Feijão, em 25 de janeiro de 2019.

O europeu, que assumiu o cargo em dezembro passado e que já foi o representane da ONU para Direitos Humanos na Europa, chegará em Belo Horizonte pela manhã. Primeiro, irá se reunir com deputados do Grupo de Trabalho da Barragem de Brumadinho, criado após CPI na ALMG.

Às 15h, o europeu e parlamentares estarão no povoado da cidade da Região Metropolitana de Belo Horizonte, onde o estouro da estrutura da mina matou 272 pessoas; 11 corpos ainda não foram encontrados.  
 
"Os impactos da tragédia criminosa da Vale, com o rompimento da Barragem B1 em Brumadinho, exigem a manifestação e a solidariedade dos órgãos internacionais a todos os atingidos. A visita à Assembleia do representante do Escritório de Direitos Humanos da ONU para a América do Sul, Jan Jarab, é um exemplo muito bem-vindo", disse o coordenador do Grupo de Trabalho, deputado André Quintão (PT).