Nos últimos cinco dias o Estado do Rio teve confiscado de suas contas pela Justiça a quantia de R$ 35.839 milhões, com objetivo de saldar a folha de pagamento do funcionalismo do mês de outubro. O dado foi divulgado nesta terça-feira (22) pela Secretaria Estadual da Fazenda. A decisão é do juiz Leonardo Grandmasson Ferreira Chaves, da 8ª Vara de Fazenda Pública. "...Determino o arresto e/ou penhora de renda diária dos valores informados pela Seplag [Secretaria de Planejamento e Gestão] necessários ao pagamento integral da folha de outubro de 2016, referente aos servidores ativos, inativos e pensionistas, no montante de R$ 486.618.155,64. Expeçam-se mandados para o Banco do Brasil, Bradesco, Itaú e Caixa Econômica Federal”, determinou o magistrado.

Leia mais:

STF derruba liminar que suspendia mudança na contribuição previdenciária no Rio
Rio quita 77% do pagamento do funcionalismo
TJ do Rio determina bloqueio de R$ 486 milhões das contas do Estado