Depois de 36 dias, o grupo que acampava nas proximidades da residência do governador do Rio, Sérgio Cabral (PMDB), deixou o local na madrugada desta sexta-feira, 06. Intitulado de "Ocupa Cabral", o movimento anunciou em redes sociais que seus membros vão "descansar" para os protestos convocados para este sábado, feriado do Dia da Independência.

Os ativistas recolheram barracas e outros objetos do acampamento, que havia sido montado na esquina da rua do prédio de Cabral, a Aristides Espínola, com a Avenida Delfim Moreira, na orla do Leblon, na zona sul do Rio.