O asfalto da rodovia Manoel Hipólito Rego, conhecida como Rio-Santos (SP-55) afundou ainda mais na tarde desta quarta-feira (24). A estrada continuará interditada hoje, no km 147, em São Sebastião. De acordo com a Defesa Civil, o recalque iniciou no centro da estrada e a fissura no asfalto foi aumentando. À tarde, já atingia toda a extensão das duas pistas. Apenas veículos de emergência, como ambulâncias, estão passando por um dos acostamentos, com apoio da Polícia Rodoviária Estadual.

Técnicos do Instituto Geológico (IG), órgão do governo estadual, examinam as condições do local nesta quinta-feira. Se houver possibilidade, será feito um desvio pelo acostamento. De acordo com a Defesa Civil, o problema é que as chuvas continuam caindo na região.

Depois do temporal de 178 milímetros da terça-feira (23), nesta quarta havia chovido mais 24 mm até as 16 horas. Mesmo com as chuvas, equipes do Departamento de Estradas de Rodagem (DER) e da Defesa Civil conseguiram retirar as barreiras que, desde a tarde anterior, interditavam a estrada no km 151 e no km 159, próximo à Praia de Boiçucanga. Nesses pontos, passa apenas o trânsito local. O turista que vai se deslocar até a Praia de Toque-Toque deve usar como acesso a rodovia dos Tamoios (SP-99). Já quem vai Praia de Maresias deve usar como acesso a rodovia Mogi-Bertioga (SP-98).

Em razão das chuvas, ocorreu mais um deslizamento nesta quarta-feira em São Sebastião. Uma encosta cedeu no Bairro Itatinga e atingiu uma casa, mas não houve vítimas. Os moradores foram evacuados e o imóvel, interditado. A Defesa Civil contabilizou 70 pessoas desalojadas na cidade que, em razão das chuvas, está em estado de atenção.