SÃO PAULO (SP) – O Salão do Automóvel de São Paulo abriu as portas num clima de ufanismo. Muitos executivos não pouparam votos de esperança à nova administração federal. A grande expectativa é a de uma retomada econômica sólida para engrenar uma marcha forte no setor automotivo, que ainda vem se recuperando de tempos amargos entre 2014 e 2016.

Discursos políticos à parte, um dos motes do Salão foi o grande número de modelos elétricos. Muitos fabricantes anunciaram modelos a pilha e outros trouxeram modelos para testar a reação do público. Renault, Chevrolet e Nissan revelaram elétricos, já com preços fechados. Mercedes-Benz, Chery, Hyundai, Volkswagen e Audi exibiram modelos que podem chegar por aqui num futuro não muito distante.

Mas para que muitos desses carros realmente desembarquem no Brasil será preciso combinar fatores como queda da cotação do dólar e aprovação do programa Rota 2030, que prevê incentivos para o segmento.

Jipes, jipes e jipes
Como tem sido de praxe, o segmento de utilitários-esportivos dominou os estandes no São Paulo Expo. Um dos principais destaques foi o utilitário conceitual Fiat Fastback. Trata-se de um jipão com jeitão de BMW X6 e que será construído sobre a base da Toro. Os italianos ainda levaram o simpático 500X, para testar a receptividade do público.

E por falar na marca alemã, a BMW apresentou a nova geração do X5, assim como a Mercedes trouxe o novo Classe G para ocupar o topo da cadeia. A Audi apresentou o Q8 e a Porsche lançou uma nova versão do Macan, equipada com motor turbo 2.0 para ser seu carro de entrada, na casa dos R$ 300 mil.

Num patamar mais palpável, uma das principais atrações da mostra é o Volkswagen T-Cross. O jipinho feito na base do Polo/Virtus está lá para quem quiser conferir de perto. 

A Ford levou o chinês Territory, para brigar com o Jeep Compass. E a marca dos jipes anunciou a nova geração do Wrangler, que chegará com motores mais eficientes, mas sem perder a impecável habilidade off-road.

A Suzuki revelou a nova geração do Jimny, que será importado do Japão, e conviverá com o modelo que é feito em Catalão. A Chery trouxe nada menos que três utilitários, Tiggo 5X, Tiggo 7 e Tiggo 8. Os dois primeiros já estão confirmados, sendo que o Tiggo 5X chega já em dezembro. A Mitsubishi levou a nova geração Pajero Sport, que ocupará um flanco acima do Outlander.

Salão Internacional do Automóvel de São Paulo

São Paulo Expo
Rodovia dos Imigrantes,Km 1,5, Água Funda - São Paulo / SP

Horários
8 a 17 de novembro (13h às 22h)
18 de novembro (11h às 19h)

Ingressos
R$ 40 a R$ 3.500