A Samsung acaba de lançar no Brasil o Galaxy S7, nova geração de seu topo de linha que tem como principal oponente o iPhone 6S. Assim como o rival da maçã, o modelo também conta com duas dimensões, sendo o S7 Edge é a versão de tela maior e briga diretamente com 6S Plus.

Com design praticamente igual ao seu antecessor, com direito a visor com bordas arredondadas, o modelo ficou cerca de R$ 500 na versão padrão com tela de 4,7 polegadas, com preço sugerido de R$ 3.800. Já a versão Edge, com monitor de 5,5 polegadas tem valor fixado em R$ 4.300.

Tecnicamente o aparelho oferece hardware sofisticado com 4 MB de RAM, memória interna de 32 GB e capaz de receber cartão de armazenamento de até 200 GB e Android 6.0. Um retrocesso foi a redução da resolução da câmera que baixou de 16 MP para 12 MP. Por outro lado, o S7 oferece um recurso de multiplicação de pixels que ajudam a melhorar a qualidade da imagem em ambientes de baixa luminosidade.

Assim como o rival da Apple, o aparelho conta com chassi de metal, sem acesso à bateria.