As sedes dos diretórios do PT e do PCdoB em Belo Horizonte e Itaobim, Vale do Jequitinhonha, são alvos de busca e apreensão de material irregular de campanha.

A ação foi determinada pelo Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG), nesta sexta-feira (28), pela juíza Cláudia Cruz, a pedido da Coligação "Construir Minas", composta pelas legendas PSDB, PSD, SOLIDARIEDADE, PTB, PPS, PMN, PSC, DEM, PP, PTC, PATRI e PMB, que indicou os locais em que estariam as peças irregulares utilizadas na campanha.
 
Foram recolhidos, em ação conjunta das polícias Federal, Militar e Civil, até o fim da tarde desta sexta, 20 volumes (caixas e pacotes) contendo panfletos, adesivos e santinhos de candidatos dos dois partidos com o nome do ex-presidente Lula como candidato à Presidência da República.

Ainda há mandados em cumprimento.

Leia mais:
Bate-boca eleitoral rende três ações por dia em Minas