O Sebrae abriu inscrições para o Programa Agentes Locais de Inovação (ALI). Das 80 vagas oferecidas para profissionais com curso superior, 52 são para contratação imediata e 28 para cadastro de reserva. Os selecionados receberão bolsas de R$ 4 mil. O edital pode ser conferido aqui

A inscrição, que custa R$ 80, pode ser feitas até o 19 de julho pelo site www.concepcaoconsultoria.com.br. Os candidatos irão realizar uma prova no dia 11 de agosto, em Belo Horizonte. Podem se inscrever, profissionais graduados em Administração, Ciências da Computação, Ciências Contábeis, Design, Economia, Engenharias (todas), Sistemas de Informação, Comércio Exterior e Marketing, que tenham concluído o curso a partir de setembro de 2009. Os aprovados nesse processo serão bolsistas pelo CNPq, na modalidade Extensão País. 

As vagas abertas são para 36 cidades: Araguari, Barbacena, Carmo do Cajuru, Carmo do Paranaíba, Cláudio, Divinópolis, Formiga, Itajubá, Itaúna, Juiz de Fora, Lagoa da Prata, Manhuaçu, Monte Carmelo, Montes Claros, Muriaé, Nova Serrana, Pará de Minas, Paracatu, Passos, Patos de Minas, Patrocínio, Piumhi, Ponte Nova, Pouso Alegre, Santo Antônio do Monte, São Gotardo, São João Del Rei, São Sebastião do Paraíso, Três Corações, Três Marias, Ubá, Uberlândia, Unaí, Varginha, Vazante e Viçosa.

O trabalho

Os Agentes Locais de Inovação são bolsistas capacitados pelo Sebrae que orientam as Micro e Pequenas Empresas (MPE) mineiras selecionadas pelo programa. Entre as suas funções, está o de ajudar o empresário a identificar problemas e buscar soluções inovadoras de acordo com as particularidades de cada empreendimento dos setores da indústria, comércio e serviços.

Os 80 candidatos selecionados participarão de uma capacitação durante o mês de setembro. Após esse período, os 52 profissionais mais bem classificados na etapa de capacitação receberão uma bolsa no valor de R$ 4 mil por mês, enquanto os demais entram para o cadastro de reserva do programa ALI.

A expectativa é que os Agentes Locais de Inovação aprovados em Minas Gerais visitem, até 2021, cerca de 2,8 mil empresas em todo o Estado. A previsão é que cada bolsista acompanhe no mínimo 40 empresas no período de 17 meses.