O secretário de Transportes e Mobilidade Urbana de Osasco, Osvaldo Vergínio, de 55 anos, foi morto por disparos de arma de fogo. O crime ocorreu na madrugada de quinta-feira, (20), na Rua Heitor dos Prazeres, en Osasco, Grande São Paulo, segundo a Secretaria da Segurança Pública.
A Polícia Civil investiga a motivação do crime e faz diligências para localizar e prender os autores do assassinato. A ocorrência foi registrada no 5º Distrito Policial, que funciona em regime de plantão.

Osvaldo era formado em Direito e atuou na Polícia Militar. Foi vereador de Osasco, tendo assumido a presidência da Câmara dos Vereadores entre 2007 e 2008. Nas eleições de 2008, foi o vereador mais votado da região e reeleito para a presidência da Câmara. Em 2013, foi eleito deputado estadual. Ele deixa a esposa e um filho.


Leia mais:
Raquel Dodge denuncia Pezão e mais 14 investigados ao STJ
Ex-assessor de Flávio Bolsonaro não comparece a depoimento no MP
Paulo Guedes anuncia procurador-geral da Fazenda Nacional