Uma jovem de 20 anos foi sequestrada quando saía de casa no bairro de Madureira, na zona norte do Rio, por volta das 21 horas desse domingo (03). O sequestrado Genildo Ferreira de 36 anos, usou um estilete para obrigar a vítima a entrar em um Peugeot roubado há uma semana em Campinho, bairro próximo a Madureira. Em seguida, ele usou o celular da jovem para ligar para os pais e exigir o pagamento de R$ 10 mil para libertá-la.

Sem dinheiro para pagar o sequestrador, os pais procuraram a 29ª DP (Madureira) para denunciar o crime. Durante as negociações, o valor do resgate baixou para R$ 2 mil até que Ferreira aceitou receber R$ 250 e uma televisão.

Com orientação dos policiais da 29ª DP, que tiveram o apoio da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core), os pais da vítima combinaram de entregar o resgate no Cemitério de Ricardo de Albuquerque, outro bairro próximo a Madureira, onde a jovem foi liberada. Ao perceber o cerco policial, Ferreira conseguiu fugir e foi perseguido até Marechal Hermes, bairro nos arredores, onde foi preso pelos policiais.

Com ele foi apreendido o estilete, uma touca ninja e os R$ 250 do resgate. Contra Ferreira, que já tinha passagens pela polícia por roubo, estupro e extorsão, foi cumprido mandado de prisão pendente por roubo, além dos crimes de extorsão mediante sequestro e receptação de carro roubado.