Servidores da segurança pública, educação, saúde e outras áreas do governo de Minas participam de uma manifestação nesta terça-feira (1º) contra a Reforma da Previdência, enviada pelo governador Romeu Zema (Novo) à Assembleia Legislativa (ALMG). 

O protesto ocorre em frente à sede do Legislativo Estadual, no bairro Santo Agostinho, região Centro-Sul da capital. O Batalhão de Choque da Polícia Militar (BPE) acompanha o movimento. As pessoas espalharam cruzes, faixas e cartazes criticando a reforma. 

Nesta terça, serão analisados dois projetos que compõem a reforma: a PEC 55/2020, que está sendo discutida em 1º turno, e o PLC 46/2020, que será votado na Comissão de Administração Pública às 14h.

Leia também:

Novo confirma Rodrigo Paiva na disputa pela PBH; João Vitor Xavier recebe apoio do PTB
Governo de Minas atualiza situação da Covid-19 no Estado; assista
Trem que liga BH a Vitória volta a circular hoje; Maria Fumaça retorna na sexta-feira