Sete presos ficaram feridos durante motim na Penitenciária José Edson Cavalieri, em Juiz de Fora, na Zona da Mata, em Minas Gerais. Segundo informações da Secretaria de Administração Prisional (Sead), os detentos se revoltaram depois do anúncio de inspeção de rotina. O motim ocorreu nessa segunda-feira (16).  Nesta terça-feira (17), os sete  feridos foram levados para realização de exame corpo de delito no IML da cidade.

Durante a revista, que ocorreu às 11h, foram encontradas 26 buchas de substância semelhante a maconha, nove celulares, 13 carregadores e sete chuços (arma artesanal), conforme a secretaria. Também nessa segunda em Juiz de Fora, por volta das 9h30, agentes penitenciários do Centro de Remanejamento Prisional (Ceresp) intervieram em briga de detentos. Nesse caso, sete presos ficaram feridos. Todos receberam atendimento médico na própria unidade.

"Durante a ação, alguns presos promoveram uma agitação, o que foi prontamente controlado pelo Grupo de Intervenção Rápida (GIR) da unidade", afirma a Sead, em nota. Os detentos foram encaminhados para um hospital na região e, em seguida, para o Instituto Médico Legal (IML) para exame de corpo delito.
 

Leia mais:
Após motim, detentos são transferidos para complexo de segurança máxima
Motim na penitenciária de Neves termina, mas PM e familiares dos presos fazem plantão na porta
Detentos fazem motim em presídio de Ribeirão das Neves