A Shell passa a vender em Minas Gerais álcool aditivado. O etanol V-Power segue uma receita semelhante à da gasolina premium da petrolífera anglo-holandesa. A marca garante que um dos principais benefícios é promover a limpeza do circuito de combustível e também aplicar uma película que reduz o atrito entre as partes móveis que têm contato com o combustível como válvulas, camisas e pistões.

Segundo o coordenador técnico de combustíveis da Raízen, licenciada da marca Shell no Brasil, Gilberto Pose, o álcool, ao contrário da gasolina, é um combustível mais “seco” e seu uso constante eleva a fricção e reduz a eficiência do motor. “O etanol V-Power por ter essa propriedade lubrificante, reduz a fricção, o que ajuda a regular a temperatura sem perdas por energia térmica, além de eliminar resíduos que auxiliam no melhor funcionamento do motor, reduzindo o consumo”. Segundo o especialista, o custo adicional deverá girar em torno de R$ 0,10 a R$ 0,20 no litro do etanol.