O carro por assinatura se tornou uma opção interessante para quem busca um automóvel novo sem ter que desembolsar uma grande quantia na compra. Além disso, o serviço retira das costas do cliente custos como tributos, manutenção e seguro. Mas uma das grandes dúvidas de quem assina o carro é controlar a franquia de quilometragem. 

Essa franquia funciona como o pacote de dados do celular. A diferença é que quando o pacote do telefone acaba, a Internet é cortada. Com o carro não dá para fazer isso. Assim, ao término do contrato o cliente paga pela quilometragem excedente.

Uma solução para o problema é o sistema Go Drive, serviço de assinatura do Grupo Águia Branca. O serviço inclui sistema de conectividade fornecido pela Wings. Na prática, ele funciona como um taxímetro capaz de conectar o carro a uma base de dados e fazer a leitura da quilometragem. 

Dessa forma, o cliente não é surpreendido no fim do contrato. “Neste primeiro ano, aprimoramos a tecnologia do nosso sistema desenvolvendo um algoritmo próprio de cálculo de quilometragem, que permite à empresa fazer cobrança por franquia de quilômetro mensal. Esse movimento permitiu ainda que nossos parceiros criassem planos específicos para cada nicho de mercado, barateando a oferta para o cliente final”, explica João Marcelo Barros, co-fundador da Wings.

O Go Drive está longe de ser barato. O serviço oferece modelos novos com franquias de 12 ou 18 meses, com preços que variam de R$ 1.690 a R$4.900.