A Toyota acaba de apresentar a versão “nervosa” para o Corolla, a GR-S, que substitui a finada XRS. Ela chega com a denominação padrão dos esportivos da marca, que levam as iniciais da divisão Gazoo Racing, como acontece com a atual geração do Supra e demais modelos apimentados vendidos lá fora.

No entanto, a versão ainda não tem preço e as vendas começam no primeiro trimestre de 2021. Mas o que é certo é que esse carro terá direito a plaqueta numerada de identificação, como manda toda boa série esportiva.

 

Mas, bem longe de ser um carro de alto desempenho, o Corolla GR-S aposta mesmo é num visual mais exótico. No entanto, sem carregar nos adereços. Recebeu rodas aro 17 com desenho exclusivo, assim como novos para-choques, além de faróis e DRL em LED. Detalhes de acabamento, como retrovisores e teto na cor preta, completam o conjunto. 

Esse Corolla é oferecido em três cores: branco, vermelho e preto, a última em duas opções. Por dentro a tonalidade noir também impera, o que deixa o estilo mais “mafioso”. 

Sob o capô

Para a versão, a Toyota selecionou apenas o motor 2.0 de 177 cv e 21,4 mkgf de torque. Afinal, não fazia o menor sentido apostar no híbrido, mesmo que tenha excelente torque por conta do motor elétrico.

Não se trata de uma unidade que arranque suspiros como uma unidade turbinada. Mas, ainda assim, esse bloco tem um temperinho a mais, com aquela pegada de motor japonês da velha guarda, em que o vigor só aparece com o motor cheio. 

O pico de potência é a 6.600 rpm e todo o torque aparece em 4.400 giros, bem diferente dos modelos turbo, onde tudo acontece na casa dos 2 mil rpm. A transmissão é a mesma unidade CVT com emulador de dez marchas, que podem ser trocadas por borboletas. 

E se no powertrain não há novidades, a Toyota garante que afinou a suspensão do GR-S para deixá-lo mais impetuoso. O carro recebeu novos amortecedores e molas, assim como novas barras estabilizadoras. 

Conteúdos

A versão, que tem plaqueta numerada, é equipada com ar-condicionado digital, multimídia de oito polegadas (com Android Auto, Apple CarPlay e câmera de ré), partida sem chave, carregador de celular por indução, sensor crepuscular, retrovisores com rebatimento elétrico, retrovisor interno eletrocrômico. 

Ele ainda conta com sistema pré-colisão (com alerta e frenagem de emergência), monitor de faixa, controle de cruzeiro adaptativo (ACC) e farol alto com facho automático.

Assista também