A Toyota tem uma estratégia de mercado em que um mesmo modelo pode ter várias carrocerias espalhadas pelo mundo. O Corolla europeu é diferente do da versão norte-americana, assim como o Yaris tem formas exclusivas em alguns mercados. E dessa forma, a japonesa acaba de apresentar a nova geração do carrinho, que se destaca por receber conjunto mecânico híbrido e também por ter encolhido.

Ao contrário de seus rivais como Clio, Fiesta, Corsa, 208 ou Polo, que espicham a cada nova geração, a Toyota resolveu encurtar o comprimento total do hatch em 5 centímetros. No entanto, aumentou sua distância entre-eixos em outros 50 milímetros, o que lhe garantiu mais espaço interno e mais agilidade no trânsito. 

Se para nós brasileiros, pode soar como contra-senso, na Europa ser pequeno faz toda diferença, ainda mais nos centros urbanos seculares repletos de vielas . Ele utiliza a plataforma GA-B, derivação da base modular TNGA, utilizada na atual geração do Corolla brasileiro.<EM>

Motor
Mas o grande diferencial do Yaris, não está apenas no melhor aproveitamento de seu espaço. Na verdade a cereja do bolo é seu motor híbrido, que o coloca apto para posições no efervescente mercado de automóveis verdes, que é uma realidade pujante no Velho Mundo.

Além de opções 1.0 e 1.5 convencionais, a unidade 1.5 Hybrid Dynamic Force promete desempenho de um motor 2.0, mas sendo 20% mais eficiente, além de emitir cerca de 27% menos gases poluentes na atmosfera. A Toyota não divulga quanto cavalos e nem qual é o torque dos motores, a combustão e a unidade elétrica. 

Segurança
Bem diferente do Yaris brasileiro, a versão europeia também conta com um pacote amplo de assistentes de condução, como controle de cruzeiro adaptativo (ACC) e sistema de assistência ao rastreamento de faixa, que mantém o carro em sua faixa de rodagem, que são ficção no Yaris nacional.

Desenho
O novo Yaris tem estilo mais agressivo que seu parente tupiniquim, com vincos e para-lamas anabolizados que seguem o estilo do jipinho CH-R, assim como lanternas emolduradas que atravessam a tampa do porta-malas. Por dentro, o destaque fica para o sistema multimídia flutuante e o quadro de instrumentos com três telas digitais.

Assista também!