A Toyota acaba de apresentar a linha 2021 do utilitário SW4, com preços entre R$ 202.390 e R$ 314.790. O jipão montado sobre o chassi da Hilux, chega com os mesmos ajustes da picape com motorização turbodiesel, que ficou mais potente, assim como leves ajustes visuais.

Visualmente, o SW4 passou por atualização nos para-choques, grades e faróis e lanternas, que rejuvenesceram o SUV. As rodas também foram redesenhadas, para trazer um estilo mais sofisticado.

Etiqueta

Mas o que chama atenção é a disparidade de valores entre as versões diesel e flex, de quase R$ 100 mil. E mesmo com os valores salgados, a Toyota afirma que 80% das vendas do jipão são com motor diesel. 

E as expectativas são otimistas, como aponta o presidente da marca no Brasil, Vladimir Centurião, que estima volume de 12 mil unidades anuais.

O jipão é líder no segmento de utilitários montados sobre chassi. Nicho que sobrevive a duras penas graças ao japonês, que tem 60% de participação no segmento, e também com a presença de Mitsubishi Pajero Sport e Chevrolet Trailblazer.

Conteúdos

Para justificar os valores nababescos, o SW4 oferece pacote farto de conteúdos como assistentes de condução o Toyota Safety Sense, que inclui itens como controle de cruzeiro adaptativo, frenagem automática (entre 10 e 180 km/h), alerta de colisão, assim como monitor de faixa.

Itens fundamentais para um tipo de veículo que ainda utiliza conceito de construção ultrapassado. A carroceria sobre chassi eleva o centro de gravidade, que compromete a estabilidade. O lado positivo desse tipo de montagem é que o carro é extremamente valente no fora de estrada.

Refinamentos

Com opção de cabines com cinco e sete lugares, o SW4, o jipão oferece acabamento refinado, com direito a bancos em couro, ar-condicionado digital, multimídia com Apple CarPlay e Android Auto, sistema de áudio JBL, partida sem chave e tudo mais que se espera de um carro de seu preço. Mas ainda não foi dessa vez que o modelo ganhou quadro de instrumentos digital.

Motores

Assim como a picape Hilux, o SW4 pode ser equipado com motor turbodiesel 2.8 de 204 cv e 50,9 mkgf de torque ou bicombustível 2.7 de 163 cv e 24,9 mkgf de torque. Para os dois motores, a transmissão é automática de seis marchas, no entanto, as versões diesel conta com tração 4x4, com seletor eletrônico. 

Apesar de o motor flex não ter recebido melhorias e corresponder a apenas 20% do volume, Centurião afirma que se trata de um produto estratégico para o Brasil. 

“Brigamos muito com o Japão para ter essa versão na nossa gama. É uma versão exclusiva para o Brasil e que manteremos em oferta”, afirma.

PREÇOS E VERSÕES 
SRX 7 lugares 2.8 TD 4x4 - R$ 314.790
SRX AT 5 lugares 2.8 TD 4x4 - R$ 309.690
SRX AT 7 lugares 2.7 Flex 4x2 - R$ 221.090
SRV AT 5 lugares 2.7 Flex 4x2 - R$ 202.390