O Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG) vai sortear 15 seções eleitorais do Estado, cujas urnas serão auditadas por meio de dois procedimentos neste sábado (27), véspera do segundo turno das Eleições 2018.

De acordo com o TRE, a audiência pública para sorteio será na Sala de Sessões do Tribunal (avenida Prudente de Morais, 100, 3º andar, Santo Antônio - BH), a partir das 9h, e será transmitida ao vivo pela internet, no canal do TRE no YouTube

O trabalho será conduzido pela juíza Roberta Fonseca, presidente da Comissão de Auditoria do Voto Eletrônico. 

Segundo o Tribunal, foram convidados para participar do evento o Ministério Público, partidos políticos e coligações, entidades representativas da sociedade e demais interessados, incluindo eleitores que se inscreverem para as visitas guiadas ao TRE. 

Sorteio

Cinco urnas, sendo uma da capital e quatro do interior, serão sorteadas para serem submetidas à Auditoria de funcionamento da urna eletrônica. Elas são trazidas para o TRE no mesmo dia do sorteio e substituídas por urnas de reserva das respectivas zonas eleitorais. Cédulas de papel foram preenchidas,  no dia 18 de outubro, por estudantes de direito e representantes de entidades da sociedade civil, serão colocadas em urnas de lona no decorrer da tarde. Logo após, essas urnas serão lacradas.

No dia da eleição (28), os votos de cada urna de lona serão replicados em cada uma das urnas eletrônicas, com o número variando de acordo com o eleitorado apto a votar em cada uma. Ao final do dia, será feita a apuração dos votos de papel e a comparação de resultado entre o que estará no boletim da urna eletrônica e cada urna de lona.

Outras 10 urnas, sendo uma da capital e nove do interior, passarão pela Auditoria de verificação da autenticidade e integridade dos sistemas instalados nas urnas eletrônicas, que acontece no dia da eleição, nas próprias seções eleitorais, a  partir das 7 horas. Antes da impressão da zerésima, será emitido um relatório contendo os hashes (resumos digitais) e assinaturas dos programas instalados na urna.

Essas informações poderão ser conferidas com as que estarão disponíveis no site do TSE, para checagem se são os mesmos sistemas assinados na cerimônia de assinatura digital e lacração dos sistemas eleitorais, ocorrida em setembro, em Brasília.