O primeiro-ministro ucraniano, Arseniy Yatsenyuk, disse que seu país não pagará uma dívida de US$ 3 bilhões com a Rússia que vence neste fim de semana. Yatsenyuk anunciou em sessão televisionada de uma reunião do governo nesta sexta-feira uma "moratória" em qualquer pagamento da dívida para a Rússia.

Yatsenyuk não disse quando a Ucrânia poderia realizar esse pagamento. As relações entre os países vizinhos pioraram após a Rússia anexar a península da Crimeia, em março de 2014, e também pela presença de rebeldes separatistas no leste ucraniano.

Os líderes ucranianos acusam ainda o governo da Rússia de enviar tropas e armas para o leste da Ucrânia, o que o Kremlin nega. Moscou disse que levará a Ucrânia à Justiça, caso não seja feito o pagamento a tempo. Fonte: Associated Press.