Os colégios eleitorais abriram neste domingo (21) na Ucrânia para o segundo turno da eleição presidencial, com o comediante Vladimir Zelenski aparecendo como favorito para conquistar o cargo do atual presidente do país, Petro Poroshenko, que tenta a reeleição.

Três semanas depois do primeiro turno, quase 31 milhões de ucranianos foram convocados às urnas em cerca de 30 mil seções eleitorais, que serão encerradas às 20h (17h).

Zelenski venceu o primeiro turno no dia 31 de março, com 30,24% dos votos, quase o dobro dos obtidos pelo atual chefe de Estado (15,95%).

Logo depois do fechamento dos colégios eleitorais começam a ser divulgados os primeiros resultados das pesquisas de boca de urna. A apuração de votos começará às 23h locais.

Neste domingo, Zelenski, disse que votou com o  "ânimo de vencedor". Cercado por uma multidão de jornalistas e câmeras, o comediante compareceu ao colégio eleitoral da Academia Naval, acompanhado por sua esposa Elena e os filhos. Em breves declarações à imprensa, ele disse que espera ganhar eleições honestas. "Hoje, necessariamente, os ucranianos é que vencerão; será a vitória da Ucrânia".

Esta é a primeira eleição presidencial da Ucrânia desde o pleito antecipado de maio de 2014, que foi motivado pela fuga para a Rússia do então presidente Viktor Yanukovych, diante dos protestos dos oposicionistas.