Não podemos negar que o fim da linha para as versões de entrada do Golf foi um duro golpe para quem gosta de hatches. A aposentadoria da versão com motor 1.4 deixou um buraco que o Polo não será capaz de cobrir e está nas mãos do T-Cross (pelo menos no quesito preço). 

Assim, quem quiser levar um Golf novo para casa precisará respirar fundo e investir num GTI. Não que ele seja ruim, pelo contrário, é um carro surpreendente e não seria exagero dizer que é o nacional mais legal do mercado. O problema é que muito caro e parte de R$ 151 mil.<EM>

Opções
Se o amigo não tem tanta “bala na agulha” e faz questão de levar um Golf da atual geração para casa, jeito é apostar num usado. No mercado os preços do Golf têm grande variação, muito em função da versão GTI, que destoa das demais. No entanto, se nos concentramos apenas nas opções mais pacatas do hatch, como a 1.6 MSI de 120 cv, subindo para a 1.0 TSI e a 1.4 TSI, os valores giram entre R$ 60 mil e R$ 100 mil, conforme as referências de valores da Fipe.

Já no varejo, os valores dessas opções, que excluem o GTI, variam entre R$ 57.500 e R$ 80 mil, de acordo com as ofertas nos classificados.

Indicação
Para quem busca um Golf e não quer pagar mais que o valor de um compacto, uma opção é procurar uma unidade Highline 1.4, ano 2015, que segundo a Fipe gira em torno de R$ 69.500. Com esse dinheiro é possível levar um Polo 1.6 automático, mas se o consumidor incluir controle de estabilidade e pacote Interatividade o valor sobe para R$ 71.385. Isso se o amigo não se importar em levar seu carro com pintura sólida.

A versão é bem recheada de equipamentos, com direito a ar-condicionado eletrônico de duas zonas, opção de teto solar panorâmico e até mesmo assistente de estacionamento Park Assist e frenagem automática de emergência.

Consumo
Outro ponto positivo do Golf é a eficiência. A unidade 1.4 de 140 cv e 25,5 mkgf de torque tem consumo urbano na casa dos 11 km/l. No entanto, a unidade 2015 só pode ser abastecida com gasolina. A opção flex de 150 cv só chegou ao mercado em 2016 e tem avaliação em torno dos R$ 81 mil.

Mas se o amigo quer enfiar o pé na jaca e levar um esportivo de verdade, vá de GTI. Mas aí os preços giram entre R$ 90 mil e R$ 140 mil. É o preço da alegria!