O Volkswagen Gol foi líder de vendas por quase 30 anos, mas perdeu fôlego nos últimos cinco anos, abrindo espaço para que o Palio assumisse a ponta. O veterano da Fiat, porém, não conseguiu sustentar a posição, assumida pelo Chevrolet Onix, líder absoluto desde 2016. No entanto, no varejo de usados, o Gol reina absoluto, com uma média de 70 mil negociações ao mês.

Os números são da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave). Mas a demanda pelo Golzinho também se repete em plataformas de classificados, como o OLX. 

A empresa divulgou seu balanço de desempenho de janeiro e o Gol corresponde a 8% das vendas de automóveis na plataforma. Na segunda posição aparece o finado Fiat Palio, com 6% das transações. O Uno figura na terceira posição com 5% e os aposentados Corsa e Celta completam a lista dos cinco mais vendidos, empatados tecnicamente com 4% do total de negociações.

Entre as marcas que mais vendem usados no OLX, a VW segue na frente com 20,5% das transações e a Chevrolet está na cola, com 20,3%. Trata-se de uma troca de posições em comparação ao mercado de carros novos, onde a GM é a líder de licenciamentos. Fiat, Ford e Renault completam o quinteto.

O que chama a atenção é o fato de essas cinco marcas acumularem 75% das vendas de automóveis na plataforma de classificados. Mas é o mesmo percentual do total do varejo de usados anotado em janeiro, segundo a Fenabrave.

Preferência
Uma das razões do sucesso desses modelos no mercado de usados se dá por fatores como preço, custo de manutenção e facilidade de revenda. Daí quem anda pesquisando qual é a opção de carro usado mais racional, considerando o impacto no bolso e não propriamente desempenho, conteúdo e conforto, pode traçar um perfil a partir dessas opções.

No entanto, nunca é demais lembrar que não é o fato de um modelo ser bom de revenda que ele será um negócio para todos os consumidores. Além de verificar procedência e estado de conservação, também é preciso verificar se seus conteúdos e especificações irão atender às suas exigências, comprador. Fique atento!

Assista também