Minas Gerais, protagonista da corrida do ouro no século 18, é um destino procurado pelos traços históricos, culturais e também uma ótima opção para conhecer as raízes do Brasil. Além disso, outros encantos como cachoeiras, comida típica e a arte fazem do Estado o destino preferido de muitos turistas.

Levantamento feito pelo site de hospedagem Airbnb listou as cinco cidades mineiras mais procuradas entre setembro de 2018 e agosto de 2019. Confira o ranking:

1. Belo Horizonte

belo horizonte

Praça da Liberdade em BH

Para quem visita a capital de Minas e dos bares, não falta atração para curtir sozinho ou em família. Os destaques são o Mercado Central, estádio Mineirão, Parque das Mangabeiras, Igreja da Pampulha, Praça da Liberdade e, claro, os bares.

2. Piumhi

pinhumi

Visão da cidade de Piumhi 

Município próximo de Capitólio, Piumhi se destaca pelo Parque Nacional da Serra da Canastra, a nascente do Rio São Francisco e o lago da Represa de Furnas, no Rio Grande.

3. Ouro Preto

ouro preto

Museu da Incofidência Mineira (à esquerda) e Igreja Nossa Senhora do Carmo (à direita)

Cidade da extração do ouro e do barroco, Ouro Preto reúne cultura e história em um só lugar. Para quem quer conhecer o passado mineiro, a cidade oferece o Museu da Incofidência, igrejas, as minas de ouro e a Casa dos Contos. 

4. Tiradentes

tiradentes

Praça em Tiradentes

A dica para quem visita Tiradentes, conhecida pela gastronomia e arquitetura colonial, é o passeio de Maria Fumaça até São João Del Rei. A cidade também atrai os turistas pelo artesanato e os eventos como a Mostra de Cinema Tiradentes e o Festival de Cultura e Gastronomia.

5. Poços de Caldas

poços de caldas

Palace Hotel

O quinto destino mais procurado em Minas tem atrações turísticas como o Parque José Affonso Junqueira e a Praça Pedro Sanches em frente ao Palace Hotel. No conjunto arquitetônico, os turistas também podem encontrar o Palace Casino, a Fonte Luminosa e o teleférico que liga o Parque José Affonso Junqueira ao topo do Parque da Serra de São Domingos.

*Amanda Souza, sob supervisão de Renato Fonseca.