Além de assustar o mundo por ser mais resistente às imunizações, a nova variante do coronavírus - definida pela Organização Mundial de Saúde (OMS) como Mu - tem gerado dúvidas e até brincadeiras sobre as razões de seu nome.

Com as notícias sobre os casos de "vaca louca", não faltaram brincadeiras com o mugido desses animais. Mas a explicação é simples e tem relação com as demais variantes já detectadas.

Como a Delta, outra cepa que acelerado o número de casos no planeta, Mu nada mais do que uma letra do alfabeto grego. Enquanto a delta é a quarta letra, Mu aparece como a 12ª de um total de 24.

O alfabeto grego surgiu em meados do século VIII a.C, tendo sua origem atribuída por Heródoto aos fenícios. Atualmente elas são muito utilizadas na linguagem científica e matemática.

Se o coronavírus continuar se espalhando e resultando em novas variantes, é muito provável que seja batizado com outros nomes, como Pi, Rô, Sigma, Tau e Fi.