A Câmara Municipal de Belo Horizonte (CMBH) informou, nesta terça-feira (6), que o vereador Mateus Simões (Novo) pediu afastamento temporário, sem remuneração, do legislativo municipal, para coordenar a equipe de transição do governador eleito de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo).

De acordo com a assessoria da CMBH, o parlamentar deve se ausentar por um período de 61 dias e o regimento interno prevê a convocação do suplente em casos de afastamento superior a 60 dias.

Nesse período, a vaga de Simões vai ser assumida por Bernardo Ramos (Novo). Ele deve ser empossado como vereador na próxima semana, durante reunião ordinária do Plenário.

Natural de Belo Horizonte e nascido em 1979, Bernardo Ramos é médico especialista em ortopedia pediátrica. Filiado ao Novo desde 2016, quando se candidatou a um cargo público pela primeira vez, recebeu 4.541 votos para vereador.

Leia mais:
Governador eleito Romeu Zema divulga equipe de transição de governo
Romeu Zema cogita manter secretários de Pimentel
Conselho nacional do Novo vai auxiliar Romeu Zema no governo, diz Amoêdo