O mercado de automóveis sempre foi um bom termômetro para mensurar os ânimos da economia. E janeiro de 2019 foi o melhor período desde 2015, quando foram anotados 243 mil unidades. Segundo a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), foram emplacadas 190.752 unidades no primeiro mês do ano, nos segmentos de automóveis de passeio e comerciais leves. Volume que representa crescimento de 8,6% sobre janeiro de 2018.

No setor de transporte, o cenário se mostrou ainda mais expressivo, com elevação de 58,46% sobre o mesmo período do ano anterior. Caminhões e ônibus somaram 9.045 licenciamentos, um desempenho bem parecido com o que foi anotado em dezembro. 

Para o presidente da entidade, Alarico Assumpção Júnior, janeiro é uma mostra do cenário, que se mostra promissor para o ano. “A queda contínua da inadimplência, tanto para pessoa física quanto jurídica, aliada ao aumento da confiança do consumidor influenciaram no resultado deste primeiro mês, na comparação com igual período de 2018”.<EM>

Líderes
Início de ano geralmente é um período de oscilações, uma vez que o desempenho de determinados modelos nas primeiras semanas de venda podem impactar na participação das marcas no mercado. Mesmo assim a General Motors segue na liderança com 18,99% dos licenciamentos, seguida pela Volkswagen (14,71%) e Fiat (13,72%), repetindo a ordem do ranking dos últimos anos. 

No entanto, em janeiro, a Toyota figurou na quarta posição com 8,60%, superando Ford e Hyundai. A Renault também anotou bom desempenho com 8,57% e fecha o clube dos cinco fabricantes com maior volume de vendas.

Mais vendidos
Já a lista de modelos mais vendidos segue encabeçada pelo Chevrolet Onix. O compacto da GM registrou 18.842 unidades emplacadas. Trata-se de um volume superior ao dos segundo e terceiro colocados. 

O Ford Ka segue na vice liderança com 8.023 unidades, e o Hyundai HB20 figura na terceira posição com 7.249 carros licenciados. Fecham a quina o Prisma, com 6.924 unidades, e o VW Polo, somando 5.433 comercializadas.