Após anunciar 11 secretários, o governador Romeu Zema (Novo) resolveu incluir mais uma pasta no alto escalão do Executivo estadual, ao designar o vice-governador Paulo Brant para responder pelo expediente da Secretaria de Estado de Cultura. A nomeação foi publicada na noite desta terça-feira (1º), em uma edição extra do Diário Oficial de Minas Gerais.

Na semana passada, antes da posse de Zema, a equipe de transição do governo eleito confirmou 11 secretários de governo. Quando foi eleito, Zema afirmou que esse seria o máximo de secretarias do Executivo estadual. Na manhã desta quarta-feira (2), o governador se reuniu com todo o secretariado na Cidade Administrativa, mas ainda não divulgou nenhum comunicado oficial sobre a reunião.

Paulo Brant foi secretário de Cultura no governo Aécio Neves (2008-2010). Além de vice-governador e agora responsável pela Cultura no Estado, Brant também acumulará a presidência do Instituto Brasileiro de Planejamento (IBPT) e a vice-presidência do Conselho Deliberativo do América Futebol Clube.