A Volvo sempre foi conhecida por sua obsessão pela segurança de seus automóveis. Ela foi pioneira com o cinto de segurança, assim como sistemas de proteção a pedestres. Agora a nova meta da Volvo é proteger o planeta. Ela acaba de lançar a versão elétrica do SUV XC40, que marca o início da corrida da eletrificação da marca. 

Ele é o primeiro modelo 100% elétrico da casa sueca, que pretende chegar a 50% de sua produção em 2025 com modelos que dispensam os motores a combustão, ou térmicos (que é o novo termo da moda). 

Atualmente a Volvo já oferece opções híbridas de modelos como XC60 e XC90, com opção de recargas de baterias por alimentação externa. A meta faz parte do plano da fabricante em reduzir em 40% a emissão de carbono de suas operações até 2025 e ser totalmente nula em emissões até 2040.

O carro
O XC40 Recharge é equipado com um conjunto que combina dois motores (um para cada eixo) e um conjunto de baterias montados em uma gaiola de alumínio sobre o assoalho. As duas unidades garantem potência na casa dos 408 cv, o que faz do jipinho um 4x4 extremamente valente, já que toda força estará disponível para as rodas a todo momento.

Segundo a Volvo, a autonomia do modelo é de 400 quilômetros e pode ter até 80% das baterias recarregadas em apenas 40 minutos, num módulo de carregamento rápido.

Visual
Para identificar o XC40 Recharge das demais versões é preciso olho clínico. A única diferença visível é a ausência da grade do radiador. Por dentro o carro teve o quadro de instrumentos ajustado para as leituras de autonomia e demais instrumentação necessária para um elétrico.</CW>

No Brasil
O XC40 Recharge foi confirmado para chegar ao Brasil. A Volvo irá lançá-lo em 2021. Mas antes disso a marca irá colocar no mercado a versão híbrida plug-in, que deverá chegar no primeiro trimestre do ano que vem.

Assista também!